Amor de sobrinho

Venho aqui ocupar um espaço que é suposto ser só para pais e mãe… eu não sou mãe, sou tia.

Decidi “invadir” este espaço para mostrar o grande amor quer vai dentro de mim por uma criança que entrou na minha vida há cerca de 2 anos, desde o momento em que soube que foi gerado.
O tipo de amor que se tem por um sobrinho não é nada comparado com o que se tem por um filho, mas é algo de tão forte que não cabe em nenhum plano visível e palpável. Decidi fazer esta homenagem ao meu sobrinho para que ele, um dia mais tarde, quando souber ler e perceber o que aqui escrevo, saiba que é para mim um tesouro, uma pérola sagrada.

É verdade que todas as crianças são seres especiais… mas eu gostava é que todos os familiares sentissem pelas suas crianças aquilo que eu sinto e que transmito aqui, neste testemunho, e junto do meu sobrinho. Tenho a certeza que havia muitos meninos muito mais felizes.

Amo-te Simão e mana Marisa por seres quem és e por me deixares amar o teu tesouro!!!

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]