Quantas horas precisa de dormir?

O sono é uma necessidade fisiológica de todos nós, contudo varia de idade para idade.

O hábito do sono vai-se adquirindo ao longo do primeiro ano de vida e os pais são um suporte fundamental para ajudar o bebé a criar o seu padrão de sono.Tal através de rotinas e hábitos estabelecidos. Contudo, existem várias etapas e cada uma com diferentes necessidades de apoio. Isto porque, o ritmo e as horas de sono vão se alterando de acordo com a sua faixa etária.

O sono é fundamental para o crescimento saudável e feliz do bebé. Nos primeiros meses de vida, algumas crianças passam mais de dois terços do dia com os olhos fechados, embaladas num sono profundo. Mais que mera preguiça, o sossego é essencial para o desenvolvimento dos mais pequeninos. É essencial para a consolidação da memória e quanto menor o tempo de sono, maior o risco da criança apresentar sintomas de ansiedade, depressão e agressividade no futuro.

Um recém-nascido, dorme mais horas do que um bebé de 6 meses de idade, por exemplo. O sono do recém-nascido é distribuído por vários períodos durante o dia, alternados com algum tempo de atividade, como os dedicados à amamentação e rotinas de higiene. À medida que cresce, o período de sono do bebé vai-se consolidando num período único, à noite.

O recém-nascido dorme entre 16 a 18 horas por dia. Por volta dos 6 meses de idade, o bebé dorme cerca de 6 horas seguidas à noite, podendo ou não haver um breve despertar durante este período de tempo.

Com 1 ano de idade, dorme cerca de 15 horas distribuídas por dois momentos de descanso: um período mais longo, à noite, complementado com algumas horas de sesta à tarde.

Entre o ano de idade e os 5 anos, as horas de sono vão diminuindo progressivamente. Nesta idade as crianças tendem a resistir à chamada sesta. Assim, as horas diárias de sono tendem a diminuir para 10-12 horas. Quando a criança entra na escola regista-se uma nova diminuição nas horas de sono. Passa a dormir 8-10 horas.

O papel dos pais no sono é fundamental. A tarefa de ensinar os filhos a dormir sozinhos e de acordo com as regras estabelecidas pelos pais não é fácil, mas deve dedicar algum tempo a faze-lo. Isto porque, esta fase é uma etapa de construção de personalidade tanto ao nível da independência como bem estar e autoconhecimento.

Os especialistas estimam um número de horas médio de descanso para que as crianças cresçam saudáveis. Mas cada criança é cada criança. Todos são diferentes. Alguns bebés são naturalmente mais agitados ou preguiçosos.

E é nestes casos que tem que estar atento. Olheiras, sinal de cansaço físico durante o dia e humor irritadiço demonstram que as noites não são de puro descanso. Tente saber o porquê da dificuldade de dormir, se a criança tem algum transtorno a perturbar o sono, como apneia, cólicas ou refluxos. Nesse caso, é muito importante ter orientação de um pediatra.

Classificação
A sua opinião
[Total: 2 Média: 4.5]