As 3 fases do leite materno, para um bebé forte e saudável

Sabia que as 3 fases do leite materno se adaptam em tempo real à evolução do bebé desde o seu nascimento? A prova é que mulheres que têm bebés prematuros produzem leite mais rico em ácidos gordos essenciais de forma a satisfazer as necessidades específicas de maturação cerebral do bebé prematuro.

As 3 fases do leite materno

Sabia que as 3 fases do leite materno tem como objetivo a evolução do leite à medida que os dias, semanas e meses passam:

Fase do colostro

A primeira a fase do colostro, “leite” que a mãe produz desde o segundo trimestre de gravidez rico em proteínas e anticorpos e constitui o alimento ideal para o bebé recém-nascido.

Este primeiro “leite” vai ajudar o bebé a fazer as suas primeiras fezes, o chamado de mecónio. O colostro deve ser oferecido ao bebé sem limitação e tão cedo quanto possível.

Apesar de parecer uma pequena quantidade (entre 20 e 40 ml por mamada), corresponde precisamente às necessidades de um bebé recém-nascido.

Fase do leite de transição

O chamado “leite de transição” aparece entre o 3º ao 14º dia. Mais alaranjado e fluido, é menos rico em proteínas mas mais rico em lactose (açúcar do leite), lípidos (gordura) e cálcio.

É este primeiro leite que é comummente referido como “a subida do leite” e que significa que a mãe começa a produzir leite em maior quantidade. Quanto mais amamentar o seu bebé, mais leite irá produzir.

Fase do leite maduro

A fase do leite “maduro” acontece por volta do final da segunda semana. Este leite tem uma cor branco-azulada é ligeiramente transparente e contém tudo o que o bebé necessita para o seu crescimento: água, proteínas, hidratos de carbono (90% dos quais na forma de lactose, essencial para o desenvolvimento cerebral), lípidos (incluindo ácidos gordos essenciais), minerais (cálcio, ferro, fósforo, etc.) e todo o tipo de vitaminas.

Pode ser recomendada a toma de suplementos de vitamina D (durante a gravidez) e de vitamina K (após o nascimento do bebé). Consulte o seu médico de família ou ginecologista.

Sabia que o leite materno também ajuda a educar e a treinar o paladar do seu bebé, uma vez que muda de sabor de acordo com a alimentação da mãe (doce, picante, aromatizada etc.). O seu bebé descobre diferentes sabores e diferentes aromas, ajudando-o a desenvolver os seus sentidos. O seu pequeno gourmet vai adorar!

Sabia que o leite materno também se adapta à mãe. Não menospreze o poder de antecipação da natureza. Se está à espera de gémeos ou se por alguma razão só consegue amamentar de um dos seios, não se preocupe porque o seu organismo vai-se adaptar: produzindo o dobro do leite, no primeiro caso, e duplicando

A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]