O que é a Enurese noturna primária nas crianças

A Enurese Noturna Primária é a emissão involuntária de urina durante o sono, depois dos cinco anos de idade. Ser primária significa que a criança nunca deixou de fazer chichi na cama.

Embora seja frequente pensar-se que a Enurese Noturna primária se resolve com o tempo, o seu não tratamento afecta a autoestima e socialização da criança. Tal pode provocar efeitos adversos no desenvolvimento harmonioso da criança e causar problemas psicológicos para toda a vida.

Por isso deve ser proporcionado um tratamento pronto e efetivo, prevenindo assim o sofrimento durante a infância, adolescência ou até mesmo na idade adulta. Contudo, apenas cerca de um terço das famílias com casos de Enurese consulta o médico. Em estudos que avaliaram a autoestima de crianças enuréticas, antes e depois do tratamento, foi demonstrado que o pronto tratamento pode restaurar a autoconfiança.

Os sintomas de alerta

O facto da criança entrar para a escola e continuar a fazer chichi na cama, com intervalos inferiores a seis meses, deve ser encarado como um sintoma de alerta. Mas, em geral, as crianças enuréticas molham a cama mais do que uma vez por noite.

A enurese secundária

Existem também casos a ter em atenção, como o nascimento de um irmão ou o divórcio dos pais, causas que podem provocar temporariamente episódios de Enurese na criança, normalmente denominados como Enurese Secundária.

Causas da Enurese Noturna Primária

A hereditariedade

Os pais devem ter em atenção que esta disfunção tem uma grande prevalência hereditária. Assim, existe um índice de 44% de ocorrência de Enurese Noturna se um dos pais foi enurético, e de 77% se ambos (pai e mãe) tiverem sido enuréticos.

Está também provado que uma criança que é precedida por duas gerações com Enurese Noturna primária tem um atraso de ano e meio no controlo noturno da bexiga. Atualmente, foram já descobertos os cromossomas -12q e 13q– que podem predispor geneticamente as crianças a desenvolver a este distúrbio.

Causa fisiológica: insuficiência de vasopressina

Mas a causa fisiológica mais comum é uma deficiência na produção noturna de uma hormona antidiurética chamada vasopressina. Esta hormona regula a produção de urina durante as 24 horas do dia, existindo uma maior produção desta hormona durante a noite para, deste modo, reduzir o volume de urina.

No caso da maioria das crianças enuréticas, e segundo alguns investigadores dinamarqueses, existe uma deficiência na produção noturna da vasopressina.

Os problemas sociais numa criança enurética

Para além de um constrangimento para os pais, esta disfunção é, essencialmente, uma grande humilhação para a criança, podendo vir a afetar fortemente a sua autoestima e socialização.

A criança enurética tem vergonha de fazer chichi na cama e quer esconder este problema. Daí que tudo o que implique passar a noite fora de casa seja um grande problema. Isto também vai afetar a vida social da criança, que se vai mostrar apreensiva à ideia de ir dormir a casa de um familiar, de um amigo ou de participar num acampamento.

Por outro lado, estes meninos pensam que são os únicos que ainda fazem chichi na cama, o que os faz sentir diminuídos perante as outras crianças da sua idade, criando um quadro de infelicidade. Logo, a criança enurética pode vir a sofrer graves problemas de autoestima e autoconfiança, sendo muitas das vezes alvo de “gozo” por parte dos seus colegas.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]