Ser mãe: um misto de sentimentos

Olá, eu sou a Isabel e esta a primeira vez que estou a participar, acabei de me registar.
Sou mãe de um menino com 16 meses, o João Pedro e posso dizer-vos que foi a coisa mais maravilhosa que me aconteceu.

Acho que a partir do momento em que fui mãe (e considero-o desde o dia em que soube que estava grávida e não desde o dia em que ele nasceu) tornei-me uma pessoa completamente diferente e todas as minhas prioridades na vida mudaram. Posso até dizer-vos que descobri finalmente, ao fim de todos estes anos de vida todo o “porquê da minha existência”.

Filosófico … talvez … mas é exatamente assim que penso.  Ser mãe tem sido também um misto de sentimentos, é uma experiência instensa e abrangente mas também por vezes algo assustadora e frustante em relação às pequenas grandes batalhas que diariamente vou conseguindo ou não ultrapassar.

O João Pedro nasceu com uma infecção, facto pelo qual teve que ficar internado nos Serviços de Neonatologia do Hospital de S.Francisco de Xavier durante os seus primeiros 15 dias de vida, foram os piores dias que já vivi até hoje.Felizmente tive muito apoio da minha família e tanto eu com o meu marido conseguimos ter força para acreditar que tudo não passaria de um pequeno episódio sem consequências futuras.

E assim foi, o susto ficou por aí e o João Pedro tem sido uma criança bastante saudável, uma constipação de vez em quando, uma febrita com o rebentar de um dentito e pouco mais.

Agora vou “deixar” um bocadinha o João Pedro e dizer-vos que estou novamente grávida, mais precisamente à 21 semanas e que tanto eu como o meu marido estamos muito felizes pois vamos ter uma menina que em princípio se irá chamar Joana.

Obrigada por terem lido o meu testemunho, espero poder voltar a participar com alguma regularidade.

Bjos,
Isabel

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]