Sempre fomos contra o aborto, no entanto…

Eu e o meu marido namoramos 9 anos e logo depois de casarmos quisemos ter um filho….nada mais natural!!!!
Não estavamos nada á espera do que nos aconteceu…
Sempre fomos contra o aborto, no entanto deparamo-nos com uma situação muito complicada… Detectaram muitas anomalias no feto num estado avançado da gravidez. O feto tinha muitas anomalias e todos os médicos eram da opinião que não sobreviveria ao nascimento.

Fiz ecografias em vários consultórios particulares, nos hospitais estatais, queria ter a certeza do que se passava…Não  é fácil estar neste papel, eu sentia o bebé e sabia que ele teve nem sequer sobreviveria ao parto…
Fiz a amniocentese que não indicou qual o tipo de mal formação, por isso nem sequer tinha uma deficiência especifica…
Deparei-me com uma situação que não desejo a ninguém….

É muito fácil falar sobre a nossa OPINIÃO sobre o aborto, mas a realidade é que as coisas não são assim tão fáceis. há decisões a tomar, uma pessoa entra em choque, é muito complicado ter um filho para o ver sofrer, para o ver constantemente em salas de operação a sofrer,isto se ele conseguisse sobreviver ao parto. Mesmo com operações ele , com as deficiências que tinha, ia passar o tempo a sofrer…

Não sei até que ponto é que eu conseguiria continuar com uma gravidez até ao fim, senti-lo dentro de mim para que ao nascer o ver morrer…. Ou passar o tempo a correr para as salas de operação para o ver sofrer e no final morrer…

Eu era contra o aborto e até hoje penso muito no que me aconteceu… será que eu deveria ser egoísta e será que eu tinha o direito de trazer ao mundo um ser tão indefeso para o fazer sofrer tanto para que no final morresse ao fim de uns dias senão na altura do parto?????

Com as suas deficiências todos os médicos me diziam que o mais provável era morrer ao nascimento….mais uma vez digo, é mais fácil falar do que estar numa situação destas….digo-vos que não foi uma decisão nada fácil…

A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]

Escreva um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here