Milagre da vida

291
Testemunho
Testemunho

Meu nome é Débora tenho 24 anos. Gostaria de relatar meu testemunho.

Casei com 17 anos de idade em 1997. Dois anos após meu casamento fiquei grávida e tive uma gestação até o 4º mês, tive sangramento e após uma ultra-sonografia foi detectado que tive gravidez molar. Fiz tratamento durante um ano por causa desta gestação molar.   Mais dois anos se passou, deixei de tomar anticoncepcional para ver se conseguiria engravidar novamente, várias tentativas e nada. Fui ao ginecologista e este fez uma ultra-sonografia e me disse que meu ovário direito estava tomado por um cisto e que deveria de operar para não infetar o outro ovário. Fiz a cirurgia, mas o médico não retirou meu ovário, pois disse que havia dentro dele um líquido que com uma punção poderia ser retirado.(Quem fez uma punção sabe do que estou falando). Marquei a punção após minha recuperação, fizeram uma ultra-sonografia e disseram que não daria mais para fazer punção. Resultado: Desisti de tudo.

No ano de 2002 fui indicada por uma paciente de procurar um médico especialista em infertilidade. Fiz um ultra-som e ele me disse que precisava fazer uma vídeolaparoscopia, pois estava com os dois ovários comprometidos. Fiz a Laparoscopia e os resultados acusaram que tinha endometriose de 4º. (A endometriose se não tratada compromete os ovários, a parede do útero, o intestino, até mesmo órgãos como, por exemplo, o estômago e ainda pode levar a esterilidade, ou seja, não poder ter filhos). Tomei injeção de zoladéx durante 6 meses (Nesse período não menstruava).

Após três meses, ou seja, em julho de 2003 voltei ao médico para uma nova ultra-som e para minha tristeza estava cheia de endometriose de novo.Não tinha como iniciar tratamento para engravidar sem antes acabar com a endometriose, pois esta não deixava meus ovários ovular. Fiz uma nova vídeolaparoscopia e novamente 06 meses de zoladéx.

Terminei o tratamento para endometriose em Janeiro deste ano 2004. Voltei ao médico em fevereiro, este fez um novo ultra-som e me disse que estava tudo bem, precisava agora esperar vir a menstruação mais ou menos 03 meses para eu voltar no consultório a fim de iniciar tratamento de ovulação.

Vou abrir um parêntese aqui para descrever nessas linhas algo que com certeza chamará sua atenção:

Pertenço a uma igreja evangélica, e em outubro do ano passado resolvi fazer uma campanha de sete quinta-feira a fim de receber um milagre da minha cura divina.
Para quem não conhece o que é essa campanha é a seguinte: Na quinta feira tem uma oração específica para receber curas e milagres, mas quem quer mesmo receber deverá estar sete quinta feiras sem intervalo na igreja, pedindo para Deus o milagre. Claro que para Deus não precisa sete quinta feiras Ele faz milagre na hora basta ter fé, mas o caso das sete semanas é para ver se a gente não desanima, se a gente chega até o fim. Como aconteceu com Namã, precisou dar sete mergulhos no rio para ser curado da lepra, Deus poderia telo curado na hora mais Deus quis provar a fé dele.

Fiz então as sete quintas-feiras.
Em novembro também Deus falou comigo através de um profeta dizendo que Ele estava restaurando os meus ovários e que em breve estaria com uma criança em meus braços.

Nesse mês (abril) procurei meu ginecologista, pois apresentava sintomas de gravidez (náuseas, sono, dor e inchaço nos seios). Ele fez uma ultra-sonografia transvaginal e me disse: Parabéns mamãe você está com sete semanas de gestação. Quando Ele disse isso lagrimas correram dos meus olhos e disse comigo mesma: Louvado seja Deus, obrigada Jesus por essa benção, só tu para fazeres esse milagre.

Agora quero dizer pra você amiga, se a medicina diz que é impossível você ser mãe, ou só através de inseminação ou bebe proveta, confia em Deus porque para ele não há impossível e sim possível.
Ore e peça para Deus Ele te responde.
Faça um propósito para Deus.

Ana (mulher que a Bíblia descreve) queria tanto ter um filho que ia a Igreja pedir a Deus um filho, e disse que se Deus lhe desse um filho ela iria entregá-lo na igreja para trabalhar na obra do senhor. E Deus respondeu a oração de Ana e lhe deu um Filho.

Debora

A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]

Escreva um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here