Entrada dos filhos no Infantário

237
Os infantários
Os infantários

Venho pedir a vossa ajuda … Sou mãe de um menino de 14 meses, recomecei a trabalhar quando ele fez 4 meses (como a maior parte das mães), mas felizmente tenho uma avó e mãe fantásticas (OBRIGADA às 2 por tudo) que ficaram com o meu filho. Mais amor, atenção, carinho e brincadeira ele não poderia ter … Aliás quando o vou buscar depois do trabalho, encontro-o sempre super bem disposto e feliz.

Entrada dos filhos no infantário

Por mim, deixa-lo-ia com a minha avó até ele ter “20 anos”, mas não é viável por várias razões … Por exemplo, a minha avó já não tem capacidade para o levar à rua (ele ainda não anda e é pesadinho), e não tem contacto com crianças pequenas para que a sua socialização se faça de modo correcto. Então, depois de muito pensarmos, eu e o meu marido decidimos que o Gui iria entrar no infantário em Outubro (com 16 meses – o infantário é a 2 minutos do local onde trabalho) …

O pior é que eu já ando a sonhar (ter pesadelos é o melhor termo) com isso, cada vez que penso que ele poderá ficar a chorar e não gostar, fico desorientada … Sei que quase todas as crianças passam por isto e que sobrevivem, mas não consigo pensar no meu filho a chorar ao colo da educadora e eu a virar as costas para ir trabalhar … Não sei o que vou fazer se isso acontecer !!!

Gostava que partilhassem comigo as vossas experiências de pais trabalhadores que um dia acabaram por colocar o filhote no infantário.
Obrigada, Carla de Souza

A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]

Escreva um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here