Fábula: A águia e a coruja

A fábula. a águia e a coruja conta-nos a história de uma coruja, que olhava para as suas crias com olhos de mãe e depois… vamos ver o que se passou.

Fábula: A águia e a coruja

A coruja encontrou a águia e rogou-lhe:

– O águia, se vires uns passarinhos muito lindos num ninho, com uns biquinhos muito bem feitos, olha lá, não os comas, que são os meus filhos.

A águia prometeu-lhe que os não comeria. Majestosamente, agitou as suas enormes asas e foi voando, voando,  até que encontrou  um ninho de coruja numa árvore e comeu as corujinhas.

Quando a coruja chegou e viu que lhe tinham comigo os filhos, foi ter com a águia, muito aflita:

– O águia, tu foste-me falsa, porque prometeste que não comerias os meus filhinhos e mataste-os todos!

– Eu encontrei umas corujas pequenas num ninho, todas depenadas, sem bico, e com os olhos tapados, e comi-as.

Respondeu a ave.

– Como tu me disseste que os teus filhos eram muito lindos e tinham os biquinhos bem feitos entendi que não eram esses.

– Pois eram esses mesmos. Lamentou-se a coruja.

– Pois então queixa-te de ti, que é que me enganaste com a tua cegueira.

Outras fábulas que certamente o seu filho irá amar:

A sua opinião
[Total: 4 Média: 4]