A Criança Explicada aos Pais

Jean-Claude Liaudet é o autor de ‘A Criança Explicada aos Pais’, um livro de aprendizagem e de leitura obrigatória para todos os pais e educadores.

A Criança Explicada aos Pais não tem por objectivo dar qualquer tipo de lição de moral aos pais ou tentar que os mesmo alterem substancialmente o seu método educativo. O que se pretende é que os pais consigam perceber fases, situações, atitudes e pequenos sinais que as crianças transmitem e que simbolizam o seu estado psicológico. A relação e a compreensão mútua dos pais para com os seus filhos é a base deste livro.

Por exemplo, não se pode agir com uma criança de 5 anos como se age com um adolescente de 16. Para além de serem mundos e situações diferentes, existe na adolescência um desejo de independência que não se verifica aos 5 anos. O tipo de linguagem que se utiliza em cada uma das idades deve ser diferente, com outras preocupações e expressões muito mais diretas.

A fase do aleitamento e da independência são duas das preocupações do autor, para além das já referidas anteriormente. Perceber a diferença entre ambas e o motivo que leva a lei da vida a seguir este rumo é um dado importante e a adquirir. Mais tarde, surge a fase do movimento, em que a criança vai deixando de se sentir tão dependente dos pais, face à sua agilidade e possibilidade de se deslocar livremente.

Daqui para frente, a criança vai-se despegando cada vez mais dos pais. Isto não significa que não necessite deles ou que não os ame, mas sim que a sua vida começa a tomar um novo rumo e com novas necessidades. Outro dos aspectos focados é também o famoso complexo de Édipo: encontrará no livro o significado desta situação, os possíveis recalcamentos e as experiências de infância que marcaram, e que mais tarde se refletirão no futuro.

A Criança Explicada aos Pais pretende transmitir a necessidade de compreensão pela parte dos pais, que terá que incidir sobre a distinção evidente entre os aspectos que marcam a infância e aqueles que protagonizam a adolescência. É fundamental perceber a diferença entre respeito e autoridade, já que deve exigir respeito dos seus filhos mas nunca tomar uma atitude autoritária em relação a eles.

Encontrar uma saída para as discussões e uma base equilibrada é a regra de ouro nos momentos de discussão ou de discórdia. Aos pais compete ouvir os filhos e saber interpretar as suas palavras, bem como o seu silêncio. Por isso, no final do livro encontra um pequeno “dicionário” explicativo, daquilo que eles querem dizer e que os pais raramente compreendem: para cada caso ou atitude encontrará a devida tradução.

A Criança Explicada aos Pais é um género de guião para os pais compreenderem os seus filhos em qualquer idade, embora a compreensão mútua nem sempre seja possível. A pensar em hipotéticas interpretações erradas ou em atritos inexplicáveis, surge A Criança Explicada aos Pais, de Jean-Claude Liaudet.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]