iogurte na alimentação das crianças

O iogurte tem muitos benefícios e por isso mesmo é considerado um dos alimentos mais importantes e obrigatórios na alimentação das crianças. 
 
É rico em Cálcio e probióticos que ajuda o equilibrio da flora intestinal. De fácil digestão, fortalece o sistema imunológico e facilita o trânsito intestinal.

O iogurte pode ser incluido na alimentação do bebê após o início da alimentação complementar, ou seja, com 6 a 7 meses aproximadamente. Contudo, existem alguns detalhes que devem ser tidos em conta.
 
O iogurte tem que ser natural e sem açúcar. Na verdade, o intestino do bebé é imaturo para receber certas substâncias que podem causar dores abdominais, uma alteração na microbiota intestinal e futuros problemas de saúde.
 
Não se deve dar iogurte como sobremesa. O almoço e o jantar sao duas refeições que devem conter bastante ferro. Comer iogurte, que é rico em cálcio, vai fazer com que os alimentos ricos em ferro sejam absorvidos de uma forma diferente.

Em outras palavras, os nutrientes competem entre si para ser absorvidos e tal depende da proporção destes micronutrientes. Portanto, o ideal é uma refeição ser rica em Ferro, e a outra, rica em Cálcio. A deficiência em ferro é uma das causas de anemia, doença muito comum entre os mais pequeninos.
 
Uma forma deliciosa de dar ao seu mais pequeno iogurte é adicionar fruta, cereais ou até mesmo bolacha ao iogurte natural.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]