Bebés Prematuros, quais os cuidados especiais

O nascimento de bebés prematuros continua a ser uma facto constatável. Todavia, é comum que a sobrevivência dos mesmos seja mais previsível do que o era há uns anos atrás.

Os bebés prematuros continuam ainda hoje a fazer parte dos indíces de natalidade em Portugal. De facto e, à partida, os bebés prematuros em nada são diferentes dos restantes, pois apenas nascem antes do tempo previsto.

O que são bebés prematuros

Chama-se prematuro a um bebé quando este nasce antes das 37 semanas, não cumprindo por isso o tempo previsto e frequente no interior da mãe.

Classificação do bebé prematuro

Assim, os bebés prematuros são classificados consoante o tempo de gestação e o peso que apresentam logo à nascença. No leque dos chamados bebés prematuros há aqueles que nascem antes ou posteriormente às 32 semanas, e aqui sim podemos falar em diferenças notórias.

O peso do bebé

Os bebés nascidos antes das 32 semanas apresentam, normalmente, um peso demasiadamente inferior a um bebé normal, que tenha cumprido as 37 semanas.

O peso é um dos factores que maior importância tem para os cuidados pós parto, e que distingue as necessidades destes bebés relativamente aos outros.

Um bebé prematuro, e que tenha nascido antes das 32 semanas, permanece no hospital sob vigilância médica mais algum tempo do que um bebé que tenha nascido no prazo estipulado. Todavia, é frequente que os bebés prematuros, nascidos antes das 32 semanas, tenham necessidades hospitalares muito maiores, exigindo uma estadia muito mais prolongada.

Assim, a higiene e a alimentação estão sob a responsabilidade do pessoal docente do hospital nos primeiros tempos. Todas estas necessidades prendem-se com o facto de o próprio bebé não se ter ainda desenvolvido, como os bebés de gestação normal, e por esse motivo exige um maior cuidado e atenção.

Alimentação do bebé

Aos bebés prematuros é associada a falta de desenvolvimento geral dos intestinos e do sistema nervoso. Logo, para um bebé prematuro é muito complicado mamar ou ingerir o leite porque não tem capacidade para sugar o leite e ingeri-lo. Daí que seja necessário, nestes casos, optar por uma sonda, utilizando o leite materno, ou por uma alimentação parentérica, direcionada diretamente para a circulação. Só mais tarde o bebé revela capacidades para mamar, mas até lá terão que ser estas as duas opções encontradas.

Higiene do bebé

Exteriormente, o prematuro parece não apresentar grandes problemas, mas a sua pele é bem mais fina e sensível do que a de um bebé com as 37 semanas de gestação. Possuindo a pele uma barreira importante de proteção, é normal que a do bebé prematuro não consiga ser tão eficaz como a de um bebé nascido no prazo.

As variações de temperatura sentem-se com uma maior incidência e a pele tem tendência a desidratar-se com maior facilidade. Por isso, e durante o banho, a água deve estar morna e não deve ser esfregada. Após o banho convém aplicar-lhe um bom creme hidratante, com muito óleo para aumentar as defesas da pele.

Vacinação do bebé prematuro

A vacinação deve ser feita normalmente, aplicada desde a data em que o bebé nasceu. Ainda que nasça antes do tempo, jamais se justifica um atraso na sua vacinação. Relativamente ao peso, crescimento e à estrutura do bebé convém fazer-se uma correção na data de nascimento real, devendo esta assumir-se na data em que era esperado.

Esta alteração prende-se com dados importantes para o desenvolvimento da criança, e só deve ser reposta para a data original a partir dos dois anos de vida. Nesta altura o bebé já está satisfatoriamente desenvolvido, e os seus orgãos já desempenham as funções habituais.

Os bebés prematuros, ainda que nasçam anteriormente ao período estipulado, podem ser perfeitamente saudáveis não devendo os pais entrar de imediato em pânico. Exigem mais cuidados e uma maior atenção por parte dos pais e de cuidados médicos, mas com as novas tecnologias disponíveis nos hospitais o seu bebé será, à partida, tão saudável como qualquer outro nascido no tempo previsto.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]