A história do Passarinho Passarão que era um porcalhão

A história do Passarinho Passarão, um conto de encantar que todos os pais vão querer contar e todas as crianças vão adorar.

O passarinho Passarão

Era um passarinho que tinha a mania de ser passarão comia, comia e deitava o lixo p’ró meio do chão.

E era uma árvore que estava zangada porque o passarinho que tudo sujava tinha lá o ninho e como pensava que era um passarão não ligava comia e deitava os restos e o lixo p’ró meio do chão.
– Isto assim não pode. Está tudo sujo por causa de um pássaro muito passarinho que fica no ninho que come, que come e deita no chão toda a porcaria…

E dizia o pássaro comendo ginguba e atirando as cascas p’ró meio do chão…
– Deixe lá senhora que eu mando limpar. O que sujo agora e o que vou sujar.
– Então é assim?!!! Passarinho doido acaso não sabes que com porcaria não há alegria à volta de mim?

E o passarinho que tinha a mania de ser passarão voava, voava ginguba trazia ginguba comia e as cascas deitava p’ró meio do chão.

E a gente dizia:
– Passarinho-passarão: melhor que limpar muito é sujar pouco…

E o passarinho louco o que é que fazia? Comia e sujava, sujava e comia e à volta da árvore o lixo crescia.

Até que um dia… a árvore zangou de vez. E o que foi que ela fez?

Aproveitou um ventinho que passava e começou a abanar. Abanava, abanava e tanto abanou que o ninho caiu no chão…

É triste, sim ou não? E então o passarinho?

Sei lá se fugiu p’ra onde voou… Ninguém mais o viu nunca mais voltou.

Sujava tudo, sujava
Passarinho-passarão
E a árvore abanava
E o ninho caiu no chão.

Passarinho foi embora
Passarinho não voltou
Está na hora d’ir p’rá cama
Porque a história acabou.

Pais, aqui uma sugestão de uma história vamos deixar para amanhã contar:
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]

Escreva um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here