Os primeiros 1000 dias de vida do seu bebé
Os primeiros 1000 dias de vida do seu bebé

Sabia que a nutrição nos primeiros 1000 dias de vida do seu bebé pode influenciar a sua saúde futura?

“Os primeiros 1000 dias de vida do seu bebé” é um livro que assenta na ideia que o tipo de alimentação nos primeiros anos de vida – incluindo o período da gravidez – pode condicionar o padrão de crescimento, a composição do corpo e o risco futuro de ter diabetes, obesidade, hipertensão, entre outros.

Tem assim por objetivo ajudar os pais/educadores a cultivar hábitos saudáveis o mais precocemente possível, contribuindo para criar gerações mais saudáveis.

Da autoria da nutricionista Helena Canário, conta com o prefácio da pediatra Carla Rêgo, e é acompanhado de um CD com temas originais de André Sardet, dedicados a bebés.

Sabia que a quantidade e a qualidade dos nutrientes que chegam ao feto, desde os primeiros tempos de gravidez, influenciam a forma como ele vai crescer mas também, o risco relativo de vir a ter doenças ao longo da sua vida, tais como obesidade, hipertensão e diabetes? O mesmo é válido para depois do nascimento e, em particular, nos primeiros anos de vida – já que é uma fase em que se cresce rapidamente e todas as células do corpo são sensíveis à influência externa.

“Os pais têm imensas dúvidas nesta fase, colocam sempre imensas questões, pelo que este guia pode constituir uma preciosa ajuda”, refere a pediatra Carla Rêgo, autora do prefácio, reforçando ainda “o importante é que as crianças cresçam ‘à sua velocidade’ efetuando uma alimentação equilibrada, variada e gratificante”.

Este é um projeto dedicado a ajudar todas as crianças. Composto pelo Guia de Alimentação Infantil “Os primeiros 1000 dias do seu bebé” e pelo CD “Músicas para Bebés Nestlé”, este kit está à venda na FNAC desde dia 20 de fevereiro e parte das receitas revertem a favor da Cruz Vermelha Portuguesa, ajudando a apoiar muitas crianças com carências socioeconómicas, integradas nas creches, berçários e centros de acolhimento temporário da instituição.

A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]

Escreva um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here