Como fazer o meu filho comer legumes e verduras?

Comer bem envolve um menu equilibrado, como já explicamos noutra questão, claro que este menu deverá incluir legumes e verduras, um dos maiores pesadelos para a criança e, por consequência, para os pais.

Ajudar a criança a comer legumes e verduras

Dar o exemplo continua a ser fundamental para que os filhos comam alimentos saudáveis. Os legumes e as verduras passam a fazer parte do menu das crianças assim que os alimentos salgados são introduzidos na sua alimentação.

Uma dica que lhe pode ser útil, ofereça um legume novo à criança e, se for recusado, apresente novamente depois de alguns dias com outra apresentação. Não desista e use a sua criatividade para criar pratos coloridos e atraentes á vista.

Como fazer o meu filho comer bem?

Esta é uma das dúvidas que mais inquieta os pais, como fazer os filhos alimentarem-se corretamente. Todos sabemos que as crianças emitam os comportamentos dos mais velhos, isto significa que, dar o exemplo é fundamental, assim como conversar e ensinar aos filhos a importância de fazerem uma boa alimentação.

O truque é fazer uma alimentação variada, colorida e equilibrada, evitando o consumo de alimentos processados, independente da idade da criança.

Introduzir hábitos alimentares

Alguns hábitos alimentares adquiridos nos primeiros anos podem ajudar o seu filho a comer bem:

  • sentar-se à mesa com ele, criando o hábito da refeição em família;
  • respeitar sempre os horários das refeições, servir á criança seis refeições ao dia;
  • dar o exemplo coma alimentos saudáveis também;
  • esteja atenta às proporções do prato, não exagere as quantidades.

Outro ponto importante é a forma como a criança encara a hora da refeição. Não faça malabarismos: a criança deve aprender que comer é importante para ela, e delicioso.  É necessário que a criança sinta o sabor de cada alimento. Deixe-a comer com a mão, para tocar no alimento e ficar a conhecer a sua textura e sabor.

Não se esqueça que os líquidos (água, sumo) devem ser bebidos antes ou depois da refeição e nunca durante.

As distrações devem ser evitadas. Brinquedos, canções e a televisão acabam por distrair a criança daquilo que ela deveria estar realmente a fazer, a sua refeição.

Por último, inclua o seu filho na preparação das refeições, vá com ele ao supermercado, combinem o menu para a refeição e peça-lhe a sua colaboração para por a mesa, fazer a salada, a sobremesa, enfim, deixe-o ajudar um pouco.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]