Alfredo da Costa incentiva a amamentação

2162
Maternidade Alfredo da Costa
Maternidade Alfredo da Costa

Chupetas, biberões e horas para mamar são “quase” proibidos na Maternidade Alfredo da Costa, que se tornou ontem o quinto hospital português “Amigo dos Bebés”, uma certificação internacional para as unidades de saúde que estimulam o aleitamento materno.

O caminho percorrido pela Maternidade Alfredo da Costa (MAC) até à certificação atribuída pela UNICEF e pela Organização Mundial de Saúde foi longo e obrigou a algumas alterações físicas e à formação dos profissionais de saúde para cumprir as dez medidas consideradas indispensáveis para apoiar o aleitamento materno.

“Como maior maternidade do País, estava na altura de o esforço que tem sido feito ao longo dos anos ser reconhecido”, disse à Lusa a enfermeira-diretora. Gabriela Croft Moura adiantou que a maternidade tem promovido desde sempre o aleitamento materno e que este “prémio” era “desejado há muitos anos”.

Para promover esta prática, a MAC criou em 2005 o “Espaço da Amamentação” promovido por “um grupo de médicos e enfermeiros”. Neste espaço, que tem tido uma procura crescente, enfermeiras esclarecem todas as dúvidas sobre o aleitamento e corrigem alguns erros, como a maneira como o bebé pega na mama.

A enfermeira  responsável pela Unidade de Cuidados Intensivos neonatais e pelo Espaço da Amamentação, explicou que as maiores dificuldade são a adaptação do recém-nascido à mama e problemas da mãe, como as fissuras e o ingurgitamento da mama.

A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]

Escreva um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here