O passeio do bebé, um mundo de estimulos

O primeiro passeio do bebé não deve ser muito longo, apenas 15 a 30 minutos, de outra forma pode vir a tornar-se muito cansativo.

Após o parto, é natural que deseje mostrar a todos o seu bebé. Para isso nada melhor que um passeio, aconselhado a partir das duas semanas. Para além de ser agradável para a mãe, para o bebé é uma forma de receber diversos estímulos fundamentais ao seu desenvolvimento, como as cores, os ruídos, as intensidades de luz, etc.

O passeio do bebé

Os primeiros passeios não devem ser muito longos, apenas 15 a 30 minutos, de outra forma pode vir a tornar-se cansativo, e não deve interferir no ritmo de alimentação e de descanso do bebé. Os passeios vão cansar o bebé, mas por outro lado vão permitir que ele fique mais tranquilo, com mais apetite e irá dormir com mais facilidade.

A hora do passeio do bebé também é importante. No Inverno deve escolher a altura em que o sol está mais quente, a partir do meio-dia, no Verão é melhor o fim da tarde, para que ele não sofra demasiado com o calor.

Carrinho do bebé

Essencial para os passeios é o carrinho de transporte. Tratando-se de um objecto caro e grande, é preciso ter bastante cuidado ao escolher o modelo, tendo em conta as finanças de cada um e o facto de ter de ser utilizado durante bastante tempo. Deve ser leve para um transporte fácil e versátil, para ser usado no maior número de situações possíveis.

O carrinho e a cadeirinha do bebé devem ser confortáveis e seguros, pelo que deve ter em bastante atenção os seguintes detalhes: o tipo de chassis, que pode ser de ferro ou de alumínio, pintado ou cromado, as rodas devem ser pequenas para poderem passar em todos os tipos de pisos, independentes e giratórias e devem possuir amortecedores horizontais na parte da frente, para reterem os choques e verticais na parte traseira, de forma a amortecerem as irregularidades.

Os travões devem ser de fácil acesso e a abertura e o fecho do chassis deve ser simples e fácil, incluindo um sistema de bloqueio para impedir o fecho acidental. A alcofa deve ser acolchoada e de fixação fácil ao carrinho.

O melhor carrinho, pelo menos até à idade de quatro meses é o que possui uma capota rígida, para proteger o bebé dos fumos, dos agentes climatéricos e do excesso de luz. Quando a criança já se consegue sentar é aconselhável uma cadeirinha, pelo que o carrinho já deve vir equipado para estas duas situações.

Saco de transporte

O saco de transporte está desaconselhado até aos três meses, porque a criança não possui equilíbrio necessário e terá a cabeça a oscilar desconfortavelmente.

Para gozar por inteiro o passeio, não deve ficar parada muito tempo em caso de estar frio, para maior segurança, sempre que tiver de parar por algum tempo, accione o travão do carrinho e nunca o deixe sózinho, sem vigilância. O carrinho não deve ser utilizado como substituto da cama, porque não está preparado para tal.

E agora é só desfrutar o passeio do bebé com o mais recente membro da família.

A sua opinião
[Total: 2 Média: 4.5]