Ser pai qualquer um pode ser, mas ser um Super Pai já não é para qualquer pessoa. Já pensou o que pode fazer um homem para se tornar um Super Pai? Fique a saber!

Um Pai é sempre um Pai. Por muito má que seja a relação com o seu filho ou por maior que seja o silêncio entre ambos, tem que consciencializar-se que ele é seu filho e que também tem birras e momentos menos positivos.

Como ser um super pai

Se o seu filho nem sempre age corretamente é normal que você também seja um pouco culpado dessas atitudes e, se ele quase não demonstra carinho para consigo, é porque também não encontra essa demonstração da sua parte.

Aos filhos deve ser dado tudo. As crianças precisam de um lar, de conforto, carinho, atenção e de muita dedicação, coisas que nem sempre os pais parecem conseguir fazer. Portanto, e se quer que o seu filho desde pequeno o gabe na escola e aos seus amigos, vá já aprendendo algumas coisas que, se calhar, nunca fez com ele e que nunca imaginou o quanto podia solidificar a vossa relação.

O papel do pai antes do nascimento

Para começar, e ainda antes do bebé nascer, deve falar com ele o mais possível. Cante-lhe músicas e fale muito com ele, dando-lhe festinhas e fazendo pequenas carícias na barriga da mãe.

O bebé sentirá o seu carinho e atenção, e quando vier a abrir os olhos para o mundo estará muito mais ambientado consigo do que possa imaginar. Desde o momento do nascimento que o pai é um importante fator para o desenvolvimento do filho.

Divirta-se com o seu filho

Dê-lhe beijinhos e muitos miminhos, enquanto lhe vai apresentando os seus brinquedos. Quando já tiver mais alguma idade, mais concretamente após os primeiros anos de vida, colabore com o seu filho nas brincadeiras, por muito cansado que esteja. Esqueça que trabalhou um dia inteiro num escritório, sob um stress infernal, e entregue-se ao seu pequenote em todas as suas brincadeiras.

Em qualquer um dos momentos em que estejam os dois deliciosamente a brincar torne esses instantes mágicos. Seja um super pai muito divertido e até mesmo louco, para que a criança aprecie bastante a brincadeira.

As crianças gostam sempre de um pouco de loucura e, ver o pai a brincar daquela forma com ele é sinónimo que o super pai pode ser também igual a eles. Utilize ao máximo a sua imaginação e invente você mesmo brincadeiras divertidas, conte-lhes histórias e faça-os puxar pela imaginação.

Há que os ensinar a tomar iniciativa para as coisas, torná-los fortes e pessoas decididas, a a partir de pequenos exemplos e de experiências práticas. Pode utilizar o método da brincadeira ou então optar por ter uma conversa informal.

Pode também pregar pequenas partidas à mãe deles indo roubar escassas quantidades de comida à cozinha, mas explique-lhes de antemão que se trata somente de uma brincadeira e que não é para repetirem a graça noutro sítio qualquer.

Leve os seus filhos a passear pelo jardim ou praia já que o contacto com a natureza é muito importante para eles, fá-los sentirem-se livres e desperta neles o espírito de aventura. Estimule ao máximo a alegria e criatividade deles, e tente estar sempre junto deles em todas as ocasiões.

Faça com que eles tenham orgulho em si, e que possam descobrir na figura paterna muito mais do que um pai, um super pai. Um verdadeiro amigo e companheiro de brincadeira!

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]