Se o mundo fosse todo de chocolate

2950
Se o mundo fosse feito de chocolate

Dificilmente se encontra alguém que não goste de chocolate. Vamos então contar a nossa historia que fala justamente do tão delicioso chocolate… Numa aldeia bem afastada da cidade moravam famílias pouco abastadas, não tinham muito dinheiro.

Então era difícil satisfazer os desejos dos seus filhos.Na época de Páscoa via-se nos pequenos mercados ovinhos de Páscoa e muitas barras de chocolate.

As crianças na sua maioria nem se atreviam a pedir para os pais comprarem pois sabiam que custava muito dinheiro. Como a avó dizia é melhor comprar dois quilos de feijão pelo menos dá para comermos ao jantar.

Joãozinho era uma das crianças que estava com muita vontade de comer chocolate. Sempre que passava pelo mercado a sua boca enchia-se de água de tanta vontade!

Naquele dia teve uma ideia e resolveu pô-la em prática. Foi para o fundo do quintal cavou, cavou na terra, na sua terra era muito bonita da cor do chocolate,  bem escura e lisinha.

Foi buscar as panelinhas de sua irmãzinha e tampas de garrafas. Começou então o seu projeto.

Fez um monte com a massa de barro e devagar foi enchendo as panelinhas e tampinhas, depois começou a usar as mãos. Moldou um gatinho, um homem, uma flor bem grande e até um ursinho e várias moedas.

Bem, não estava muito bonito, mas pareciam ser verdadeiros pois alguns tinham olhinhos que eram as sementes das flores que por ali floresciam.

Deixou que secassem na sombra, pois o sol poderia rachá-los. Montou na frente da casa com um caixote grande um balcão. Quando tudo ficou bem sequinho, levou-os para esse balcão.

Colocou preço em todos, usando o papel onde vinha o pão embrulhado. E lá o pão era bem comprido e vinha embrulhado numa folha de papel.

Ficou á espera que as crianças passassem e curiosas começaram a parar. Naquela tarde vendeu tudo! A sua alegria era tanta…

Entrou de rompante em casa e disse á mãe que iria até o mercado.

A sua mãe estava tão ocupada que nem perguntou o que ele ia lá fazer. Quando chegou ao mercado o senhor Manuel logo lhe perguntou o que ele queria?

Joãozinho colocou no balcão  todas as moedinhas que ganhou com a venda e perguntou:

-Quantos chocolates podem comprar estas moedas?

-Ora, pois disse o senhor Manuel, vamos ver.

Contou as moedas e deu ao Joãozinho um coelhinho e duas barrinhas de chocolate.

Os olhos dele brilharam de tanta felicidade! Correu para casa e mostrou á mãe e aos seus dois irmãos.

Dividiu os chocolates entre todos, para a sua irmãzinha uma tablete, porque utilizara as suas panelinhas, para o seu irmão mais novo, meia tablete e para ele e seus pais dividiu o coelhinho. Todos comeram chocolate finalmente!

Foi o suficiente para sentirem o gosto e tinham tanta vontade. Depois foram para o quintal e fartaram-se de brincar. Já pensas-te disse a sua irmãzinha se o mundo fosse todo de chocolate? Credo respondeu Joãozinho seria muito enjoativo. Mas que era delicioso era!

Às vezes queremos tanto uma coisa quer seja para comer comer ou para brincar ou até para vestir, mas só queremos, não fazemos nada para conseguir alcançá-la. Joãozinho pensou, pensou e teve uma ideia muito boa para conseguir o seu chocolate. E tu o que é que tens feito para merecer o chocolate!

Se tiveres muito, divide com quem não tem, desde que a pessoa o mereça.

A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]

Escreva um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here