Segurança do bebé na cozinha

Cerca de 75% dos acidentes domésticos envolvem crianças com menos de quatro anos de idade e acontecem na cozinha. Algumas normas de segurança a cumprir poderiam evitar esta situação.

Tenha em conta que a probabilidade de acontecer um acidente aumenta quando a criança está cansada ou doente, ou quando os pais estão mais preocupados ou ocupados com outros assuntos. E a curiosidade é também um móbil muito forte para que os acidentes aconteçam. Por volta dos dois meses a criança já é capaz de se esticar para agarrar em objectos e levá-los à boca.

Um dos locais mais perigosos da casa é a cozinha, e isto conta também para os adultos, devido aos materiais aguçados, de vidro e materiais inflamáveis que ali se encontram. É um local potencialmente mortífero para a criança, em especial porque a atenção do adulto que ali se encontra vai estar dividida entre várias tarefas.

Tenha em conta que os bicos do fogão, as chaleiras e os ferros de engomar mantêm-se quentes durante muito mais tempo após serem desligados. Na hora da refeição evite as toalhas que a criança possa alcançar do chão ou poderá ter a surpresa de ver o serviço de porcelana da sua avó a estilhaçar-se no lajedo. Além disso há o perigo de a criança ao puxar a toalha entornar algo quente sobre si mesma, sendo que o melhor é colocar estes alimentos no centro da mesa, longe do seu alcance.

Tenha à mão um extintor de incêndios a gás de espuma ou pó seco para acudir a acidentes. Arrume sempre os sacos de plástico fora do alcance da criança para evitar que esta se sufoque com estes, assim como os produtos de limpeza e o caixote do lixo. Os objectos aguçados e as facas de cozinha devem ser arrumados dentro de uma gaveta com fecho de segurança.

Uma proteção à volta da placa do fogão é essencial e tenha o cuidado de voltar as pegas do tacho para o lado de dentro, usando sempre os discos de trás em vez dos da frente. O frigorífico também deve ter uma fechadura resistente para evitar ser aberto pela curiosidade da criança.

A chegada do bebé irá alterar os hábitos na cozinha e por este motivo vale a pena pensar, com algum tempo, numa nova disposição dos elementos neste espaço e mesmo na colocação de um novo armário mais alto e mais seguro.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]