A Bela e a fera, uma história de encantar

6694
A Bela e a fera
A Bela e a fera

História a última floresta A Bela e a fera, uma história de encantar, é o vamos contar para adormecer o seu filho.

A Bela e a fera

Era uma vez um comerciante muito trabalhador que vivia com a sua filha. A menina chamava-se Bela e era uma das meninas mais bonitas da região.
Certa vez, o pai voltava de uma viagem muito grande, e quando a noite caiu, o pai da menina perdeu-se no caminho.

Desorientado e sem saber o que fazer, o homem seguiu o caminho pelo qual o cavalo prosseguia, na esperança que conseguisse chegar à sua casa. Após muitas horas de caminharem, encontraram um casa muito bela. Estavam perante um palácio abandonado e o homem decidiu passar ali a noite.

Quando surgiu a manhã, e antes do senhor partir, decidiu colher uma rosa do jardim e levá-la para a sua bela filha. De repente, um bicho enorme apareceu e o homem tremeu de medo, sem perceber muito bem o que o animal pretendia dele.

– Ninguém rouba as rosas do meu jardim, por isso vais morrer!-gritou o monstro

Com muito medo do que o animal lhe pudesse fazer, o pobre homem pediu apenas um último desejo ao animal gigantesco:

– Por favor, deixe-me apenas dar um beijo de despedida à minha filha.

Como o animal permitiu que o pedido do homem fosse satisfeito, este partiu em busca do caminho para casa. Ao encontrar a sua filha, contou-lhe o sucedido. Cheia de coragem, a menina decidiu regressar ao palácio com o seu pai para tentar que o animal gigantesco mudasse de ideias.

– Se prometeres que deixas o meu pai partir, eu ficarei no lugar dele! – disse a menina quando encontrou o bicho monstruoso.

E assim foi! A menina ficou no palácio durante muito tempo, e o animal gigantesco acabou por se apaixonar por ela.

Tratava-a muito bem, mas a menina não podia casar-se com ele. Apenas podia ser sua amiga!

Cheia de saudades do pai,  Bela conseguiu ir visitá-lo com a devida autorização do animal. Prometeu que regressaria em breve para o palácio, mas a visita ao pai durou muito mais do que o previsto, pois o velho senhor estava muito doente.

Quando o pai melhorou, Bela regressou novamente ao palácio. Ao entrar reparou que o animal gigantesco, que mais parecia um monstro, estava muito triste, quase morto, de tantas saudades da sua amada.

Quase a chorar, a menina apercebeu-se de quanto o animal gostava dela.

– Fica comigo! Não me deixes! Eu juro que me caso contigo!-choramingou Bela

Nesse instante, a menina beijou ternamente o animal com aspecto de monstro e, nesse momento, a figura feia que tinha perante si mesma transformou-se num jovem príncipe tão belo quanto ela.

Aí, o príncipe contou-lhe que tinha sido alvo de uma maldição e que a mesma só terminaria quando alguém o amasse realmente, mesmo sendo muito feio. Alegre, a menina abraçou-o fortemente e ficaram eternamente juntos!

Outras histórias que também poderá gostar:

A sua opinião
[Total: 9 Média: 4.6]

Escreva um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here