Estudo relaciona stress durante os primeiros meses de gravidez e a esquizofrenia.

305

Uma equipa de investigadores ingleses da Universidade de Manchester analisou mais de 1 milhão de nascimentos na Dinamarca entre 1973 e 1995 e chegou à conclusão que as mulheres que sofrem de elevado nivel de stress durante os três primeiros meses de gravidez têm mais chances de ter filhos que venham a desenvolver esquizofrenia na idade adulta. Estas conclusões confirmam a teoria de que o estado psicológico da mãe pode ter uma grande influência no desenvolvimento do feto.

Estes especialistas afirmam que as substâncias químicas libertadas pelo cérebro da mãe em resposta a momentos de stress têm um impacto directo na formação do cérebro do bebé após observarem que o risco de esquizofrenia e outros problemas mentais relacionados foi 67% maior entre bebés cujas mães haviam perdido um parente durante os três primeiros meses de gravidez.

Outros estudos realizados anteriormente sugeriram já que o stress durante a gestação também pode provocar perda de peso do feto e partos prematuros.

A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]

Escreva um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here