Café em excesso pode afectar fertilidade

189

Uma pesquisa de uma universidade da Holanda afirma que beber café em excesso pode reduzir as possibilidades de gravidez em mulheres que já têm problemas de fertilidade.

Os investigadores da Universidade Radboud, em Nijmegan, pesquisaram 9 mil mulheres que tinham recebido fertilização in vitro para ver se engravidavam naturalmente.

Cerca de uma em cada sete conseguiu. Mas a pesquisa mostrou que as probabilidades de concepção diminuíram em cerca de 26% entre as mulheres que bebem mais do que quatro cafés por dia.

Os investigadores estudaram todas as mulheres que tinham recebido o tratamento de fertilização in vitro na Holanda entre os anos de 1985 e 1995.

Eles descobriram que 16% das mulheres acabaram por conceber naturalmente e 45% após seis meses do último tratamento.

Os especialistas afirmam que as descobertas aplicam-se apenas a mulheres com baixa fertilidade, que querem maximizar as suas probabilidades de gravidez.

No acompanhamento das mulheres entre 1985 e 1995, os investigadores usaram também questionários para analisar como outros aspectos do estilo de vida de uma mulher podem afectar as probabilidades de gravidez.

Ingerir bebidas alcoólicas pelo menos três vezes por semana apresentou o mesmo risco que o consumo excessivo de cafeína.

Fumar mais do que um cigarro por dia e estar acima do peso reduziram ainda mais as probabilidades de gravidez.

Segundo estimativas dos investigadores, uma mulher de 36 anos, fumadora, que bebe muito café e bebidas alcoólicas, que está acima do peso e que passou por três tratamentos de fertilização in vitro tem 5% de probabilidade de uma gravidez natural.

Se esta mulher estivesse no peso considerado saudável e não fumasse ou ingerisse muita cafeína ou álcool, a probabilidade aumentaria para 15%.

A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]

Escreva um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here