Saiba como evolui a cabeça do bebé de um modo saudável

A cabeça do bebé aparenta ser tão frágil que ao mínimo toque parece que se vai quebrar. Pegamos com cuidado e, ainda assim, a cabecinha suscita receio aos pais. Todavia, esta pode ser um forte indicador da evolução saudável do seu bebé.

A evolução da cabeça do bebé

A evolução da cabeça do seu filho é demasiadamente importante para ser ignorada. Não basta apenas ter receio de lhe pegar, pois é preciso estar atento ao seu desenvolvimento e à sua forma. Quando o parto é feito através da vagina é natural apresentar uma pequena deformação, desde que a mesma seja ligeira.

O seu tamanho pode também parecer estranho, face ao resto do corpo. Tudo coisas normais, mas que necessitam de cuidados.

Ao tocar com precisão, em certas zonas da cabeça do seu filho, poderá sentir algumas partes mais moles que suscitam de imediato preocupação aos pais. Os detalhes problemáticos ocorridos durante e após o parto na cabeça do seu filho devem desaparecer passado algum tempo, ainda que haja alguns que podem ter um tempo mais ou menos ilimitado. Para todas essas questões referentes à cabeça do seu filho, e que a atormentam em demasia, nada melhor do que recorrer ao diagnóstico do seu médico.

A cabeça do seu filho deve crescer a um ritmo equilibrado e adequado à normalidade, mas de início toda a sua forma e volume podem parecer-lhe estranhos e anormais.

A cabeça do bebé á nascença

À nascença, o bebé pode ter muito cabelo ou ser completamente careca. Se o bebé tiver muito cabelo isso não indica que no futuro venha a ter uma cabeleira farta, pois este é ainda um cabelo que vai cair já, pois o definitivo só começa a nascer cerca de três meses após o nascimento.

A queda do cabelo no recém nascido

Ao reparar com atenção no seu filho e visualizar peladas na sua cabeça, não se apoquente. Estas são normais e são um sinal de que o cabelo definitivo está prestes a nascer, já que mais dia menos dia todo o cabelo cairá para dar início ao novo.

Nesta fase, o cabelo só necessita ser lavado de três em três dias, com água e sabão neutro. Jamais utilize um secador e, aconselhamo-la também a recorrer a uma escova para bebés de cerdas moles.

Quando o bebé nasce, há zonas do crânio que ainda não se ossificaram, e são exactamente essas zonas que vão permitir a sua saudável expansão. Só aos 2 anos é que o cérebro do seu filho pesa cerca de 80 % daquilo que pesará na totalidade.

O que são as fontanelas?

É através das chamadas fontanelas que o médico detectará se a evolução do crânio está a ser realizada de maneira correta, bem como o processo de ossificação. As fontanelas, que ainda estão abertas, permitem dar a leitura precisa ao médico se tudo está a correr em perfeição.

Se algumas fontanelas apresentarem uma forma diferente, por exemplo, côncava, esta pode ser um sinal evidente de desidratação. As fontanelas funcionam como uma leitura eficaz do processo de evolução, pelo qual todos os bebés têm que passar. Essas zonas mais moles são perfeitamente normais e os pais não devem preocupar-se.

Volume da cabeça do bebé

O volume da cabeça é outro problema para os pais. Por isso saiba que, em média e ao nascer, a cabeça mede cerca de 35 cm, aos 6 meses, 44 cm, e ao fim de um ano 47 cm. Estes números variam e não são precisos, mas se notar uma diferença demasiada consulte o seu médico.

O volume da cabeça, as fontanelas ou o crescimento do cabelo são questões que muito preocupam os pais. Embora o acompanhamento médico e as consultas de rotina sejam obrigatórias, não fique sobressaltada logo de imediato.

Aliás, se houver algum problema o médico será a primeira pessoa a detectá-lo e a comunicá-lo a si. Por isso, aproveite bem o seu pequenote, sem sobressaltos ou preocupações desnecessárias. A devida comunicação entre si e o seu médico será suficiente para o equilíbrio e evolução saudável do seu corpinho e cabecinha.

A sua opinião
[Total: 19 Média: 2.6]