Tatuagens temporárias tornam crianças alérgicas a medicamentos

As tatuagens temporárias de henna têm uma substância perigosa que podem tornar as crianças alérgicas a roupas, filtros solares e até medicamentos, alertaram os dermatologistas preocupados com a aproximação do Verão e aumento da vontade de experimentar estes produtos.

As tatuagens temporárias são hoje uma brincadeira «perigosa» porque à henna juntaram uma substância que torna a secagem mais rápida, o traço do desenho mais definido e a cor mais bonita: a parafenilenodiamina (PPD).

A henna é um pó de cor verde que quando oxida fica castanho avermelhado. Antigamente misturava-se com café ou chá para ficar mais escura, mas a tatuagem demorava horas a secar. Agora começou-se a pôr um produto, também usado nas tintas capilares, a PPD, que faz secar a tatuagem em minutos.

A aplicação de PPM na pele pode provocar reacções gravíssimas como alergias que vão marcar a criança para toda a vida. Podem ficar tão sensibilizadas a esta substância que podem tornar-se alérgicos a medicamentos e filtros solares por exemplo.

Existe também uma série de produtos que deixam de poder tocar, como as tintas de cabelo e todo o vestuário que tenha determinado tipo de corantes.

Os sintomas mais comuns são: comichão na pele, a tatuagem começa a ficar vermelha, com bolhas e faz alergia no local. Perante os sintomas, muitas crianças têm de ser tratadas com cortisona.

Agora que se aproxima o Verão e a “moda” das tatuagens temporárias, tenha todo o cuidado…

A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]

Escreva um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here