Como deve alimentar uma criança doente

A principal preocupação dos pais é saber como devem alimentar uma criança doente, porque é nesta altura que ela se recusa a comer, apesar de se encontrar mais fraca. O importante nesta situação, não é fazer a criança comer mais ou menos, mas dar-lhe os alimentos que realmente a podem ajudar, tendo em conta cada tipo de perturbação física.

Alimentar uma criança doente

Criança com obstipação

Se a criança sofre de obstipação e tem menos de seis meses, a causa pode ser um leite forte, pelo que a quantidade deve ser reduzida e substituída por água, sumo de laranja, com a polpa ou uma pequena colher de mel. Para as crianças mais velhas, o remédio é retirar a banana e a maçã da dieta e dar-lhe apenas laranja e pera e sopa de legumes onde predomine o feijão verde. O mel também tem funções laxantes.

Cólicas da criança

As cólicas da criança costumam aparecer nos primeiros três meses de vida, e o estado da criança é de permanente intranquilidade e choro.

  • Se a criança está a ser alimentada ao peito, é a própria mãe que deve evitar ingerir alimentos que possam causar flatulência, como as couves, o feijão ou as ervilhas.
  • No caso do bebé ser alimentado a biberão, pode acontecer que seja alérgico ao leite de vaca, que deve ser substituído por leite com proteínas.

Criança com dores de estômago

Semelhantes às cólicas do bebé são as dores de estômago, para as quais se recomenda uma dieta ligeira, de digestão fácil, com frango cozido ou peixe grelhado e batatas cozidas, tudo em forma de puré ou papa. São de evitar os fritos, a fruta crua e restantes legumes.

Criança com diarreia e vómitos

Quando as queixas são de diarreia e vómitos é preferível que a criança não ingira qualquer alimento durante umas horas, de forma a que o seu aparelho digestivo recupere da alteração, mas dê-lhe líquidos para evitar a desidratação. Os sumos devem ser apenas de maçã, com ação adstringente, ou caldos de carne, água e chá de limão.

Se o bebé tiver menos de cinco meses convém suspender a ingestão de leite e deixa-lo algumas horas a soro de readaptação oral, receitado pelo pediatra. Para crianças com mais de cinco meses recomendam-se as papas de fruta – banana muito madura, maçã e umas gotas de limão, ou uma sopa apenas de batata, frango ou carneiro e cenoura, ou então de arroz e peixe.

Criança com problemas respiratórios

Em problemas respiratórios como a otite, bronquite ou gripe, são necessários alimentos de digestão leve e macios, para evitar as dores ao engolir. O frango e a batata cozida e triturada e o iogurte, são os indicados. Deve ainda beber muitos líquidos, água, sumos de frutas, infusões ou caldos de carne sem gordura, mas evite o leite, porque este aumenta a mucosidade.

Os alimentos a consumir devem ser de alto valor nutritivo, como as verduras fervidas em pouca água e durante pouco tempo, para conservar as vitaminas. Não obrigue uma criança doente a comer, mas se passarem mais de oito horas sem ingerir nada, informe o pediatra.

A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]