Os pais respondem assim, ás perguntas dos filhos

10206
Os pais respondem aos filhos

A partir dos dois anos os pais são bombardeados com perguntas, ás quais nem sempre estão preparados para a verdadeira resposta. A curiosidade é algo de inato às crianças. As questões com “porquês”, “como”, “onde”, são habituais nesta idade.

Os progenitores nem sempre sabem como lidar com os detalhes e com os pormenores, sobre questões relacionadas com a sua concepção, com o desconhecido e com o sexo. O diálogo é uma vertente positivo e que deve ser alimentada, de forma saudável e correcta.

Porém, os pais na maioria das vezes, aos seus filhos dos 2 aos 4 anos, respondem assim…

De onde vim?

É a primeira pergunta, que normalmente o seu filho lhe fará. Se estiver à espera de outro bebé será a pergunta mais evidente, pois é o primeiro sinal e fonte de vida do seu futuro irmão.

Resposta- Vieste da barriga da mãe, onde foste feito e onde cresces-te até nasceres.

Outras perguntas-Os bebés são todos feitos assim? Os homens podem ter bebés?

O bebé cresce dentro de ti?

As crianças ficam baralhadas, com a forma como se dá o desnvolvimento dos bebés, que no fundo é o seu próprio desenvolvimento. Utilize ilustrações para explicar o seu nascimento. É uma forma simples de eles entenderem o que se passou.

Resposta- Há um ninho dentro da barriga da mãe. Lá está muito quente e escuro, mas é confortável. O bebé está feliz e em segurança.

Outras perguntas- O bebé mexe-se? De que tamanho é o bebé?

Como é que o bebé sai?

O processo de nascimento fascina tanto as crianças, que elas querem saber tudo, ou quase tudo. As crianças mais pequenas, chegam mesmo a pensar, que o seu nascimento se deu, porque a mãe “abriu o fecho”.

Resposta- Como cresceste muito, já não cabias na barriga da mãe. Por isso, nasceste. Mas continuei a gostar de ti, como antes.

Outras perguntas- Dói ter um bebé? O bebé vai ter cabelo e dentes?

O que é o sexo?

Será uma das perguntas inevitáveis e, deve estar antecipadamente preparada, para a resposta que irá dar. Um atitude responsável e saudável por parte dos pais, ajudá-lo-á mais tarde, a encarar com naturalidade este tipo de assunto.

Resposta- O pai e a mãe amam-se. O sexo é como que uma carícia, para demonstrarmos o nosso amor.

Outras perguntas- Só se faz amor na cama? O que é “Ir para a cama”, “Dar uma queca”, “Pinar”?

Porque não posso tirar a roupa?

O assunto da nudez é, por vezes, um tabu. Mas, as pessoas mais idosas poderão não concordar com este comportamento. A inibição na famíla com filhos de menos de onze anos, não faz qualquer sentido.

Resposta- Se não tiveres frio, podes tirar a roupa. Mas, se a avó chegar faz o que ela te diz.

Outras perguntas- Posso ir contigo à casa de banho? Os meninos e as meninas podem estar juntos sem roupa?

O que é o período?

As questões da menstruação devem ser tratadas positivamente, sem rodeios. As meninas, devem estar bem preparadas para esta mudança no seu corpo, desde muito cedo, para que mais tarde não se venham a assustar.

Resposta- O período é a altura, na qual a mãe sangra, todos os meses. A mãe não está ferida, apenas sangra, podendo ter outro bebé.

Outras perguntas- O período dói? Para que serve um tampão?

O que é um contraceptivo?

Estas perguntas, são poucos prováveis antes dos seis anos, mas poderá suceder a criança encontrar alguém com um preservativo, nem que seja outro menino a brincar com um.

Resposta- O pai e a mãe, como se amam, usam contraceptivos para não terem bebés, até chegar a altura certa.

Outras perguntas- Há um preservativo para raparigas? Como funciona um contraceptivo?

O que é a masturbação?

Este é, pois, um assunto muito complicado para os pais, devido à sua própria atitude para com esse facto. Ajude-se a si próprio, a enfrentar a masturbação como algo normal, e não como um verdadeiro tabu.

Resposta- Se não te importas que te toquem aí, podem tocar. Mas, apenas isso, e fá-lo em privado

Outras perguntas- A masturbação faz mal? Toda a gente se masturba?

O que acontece quando morremos?

As crianças são muito sensíveis a este assunto. Baralha-lhes a cabeça e faz-lhe imensa confusão. Fale com eles abertamente sobre a morte.

Resposta- diz-se Morto, quando um animal ou uma pessoa deixa de respirar. As pessoas e os animais só morrem, quando são muito velhos.

Outras perguntas- Ele morreu porque era mau? O que lhes acontece no caixão?

Porque morrem alguns bebés?

A morte dos bebés é uma das tragédias que, provoca muita dor aos pais. As crianças, muitas das vezes não percebem o que aconteceu. E isso, é para elas confuso.

Resposta- Os bebés morrem porque são fracos e, não conseguem crescer. Nem sempre, podem ser como tu, grandes e belos.

Outras perguntas- Dói se o bebé morrer? Se o bebé morrer, como sai?

Quem é Deus?

As crianças aceitam facilmente respostas simples, mas é normal que se interroguem sobre a natureza de Deus. O seu pensamento pode ser verdadeiramente profundo.

Respostas- Deus é Amor. Ajuda-nos a ver as coisas bonitas, como as estrelas do céu ou as andorinhas.

Outras perguntas- O que é um crente? Alguma vez veremos Deus?

O que é a religião?

Ajude o seu filho a ser tolerante e a escolher livremente a sua religião. Dê-lhe exemplos de mitos e de histórias, elucidando-o devidamente.

Respostas- As pessoas vêm de diferentes lugares e fazem coisas diferentes. Acreditam também em Deuses diferentes. Por exemplo, os cristãos acreditam em Cristo e os Hindus em Vishnu.

Outras perguntas- As religiões são todas boas? O teu Deus cuida das pessoas de outra religião?

Onde foi o pai/mãe?

As crianças estranham a ausência do pai ou da mãe. É normal que perguntem, por o outro parceiro. Evitar levar os filhos no abismo que se criou no casal, é muito importante. Nunca fale mal do seu companheiro, seja sincera e não o coloque contra o seu filho.

Resposta- O pai e a mãe estão zangados, e um de nós pode ter que sair durante uns tempos. Mas os dois continuaremos a gostar de ti, da mesma forma.

Outras perguntas- Porque gritam um com o outro? A culpa é minha?

O que é o divórcio?

As necessidades dos seus filhos terão que ser sempre salvaguardadas, de qualquer atrito entre o casal. Respeitem-se mutuamente, para que o amor pelo vosso filho, se mantenha firme e inalterável.

Resposta- É quando duas pessoas que estão casadas, deixam-se de amar. Continuaremos a tomar conta de ti e a amar-te muito.

Outras perguntas- Posso ver o pai e a avó? Irei para a mesma escola?

Tenho de lhe chamar Pai?

É a pergunta típica quando um dos lados do casal, encontra outra pessoa com quem compartilhar a sua vida. É doloroso para os filhos, e as pessoas envolvidas devem ser muito pacientes e compreensivas.

Resposta- O Francisco é o novo marido da mamã. Ajuda a tomar conta de ti e gosta muito de nós. Mas, não te preocupes, pois verás o pai como antes.

Outras perguntas-O que é um meio irmão/irmã? Ela/ ele tem de vir viver connosco?

Porque sou sempre o culpado?

Esta questão retrata de certa forma, o problema dos ciúmes entre os irmãos. A criança em causa, tem sempre a ideia que, os pais favorecem sempre a outra criança envolvida no problema.

Resposta- O problema, é que só te lembras das vezes em que estamos zangados contigo. Gostamos muito de ti, tanto quanto gostávamos antes do teu irmão nascer. Daqui a pouco, saímos os dois.

Outras perguntas- Porque é que ele recebe mais doces? Porque é que nunca lhe ralhas?

Porque não faço amigos?

As amizades são muito importantes para o desenvolvimento do seu filho. Algumas crianças rêm uma grande dificuldade em fazer amigos, outras conservam-nos a toda a hora. Fale com o seu filho e ajude-o, a não se sentir isolado.

Resposta- Brinca com os teus amigos e partilha as tuas coisas. Mostra ao Diogo, o teu novo carro de corrida. Amanhã fazemos um grande lanche cá em casa.

Outras perguntas – Como posso fazer amigos? Porque é que o Rodrigo não vem brincar comigo?

Porque tenho de ir para a escola?

Muitas das vezes, querem ficar em casa, no aconchego do seu lar, no seu mundo, do que ir para um local desconhecido, onde não conhecem o ambiente. Algumas crianças adaptam-se bem, outras nem por isso.

Resposta- Vais fazer amigos, vais brincar com muita gente. Eu fico aqui ao pé de ti e, depois convidamos alguém para cá vir brincar.

Outras perguntas- Posso levar mais dinheiro para a escola? Posso faltar uma vez à escola?

Porque é que a minha pele não é negra?

Ao olharem umas para as outras, as crianças encontram diferenças entre si. Uma delas é a cor da pele, que nem sempre é igual.

Resposta – As pessoas são diferentes umas das outras. Vêm de locais diferentes e de sítios diferentes. Assim, como os animais são diferentes entre si, mas são todos animais. O que importa é que somos todos pessoas.

Outras perguntas- O que faço se me chamarem nomes? Porque chamam preto ao Ricardo?

Tenho de comer carne?

As crianças não conhecem ainda muito bem, que tipo de carne é que estão a comer. O que vêm na televisão, acerca de outros alimentos também não ajuda muito a sua alimentação correcta.

Resposta- É positivo que comas carne, peixe, vegetais, ovos, queijo e iogurte. Tens que comer de tudo um pouco, porque só te faz bem.

Outras perguntas- Porque matamos animais para comer? As crianças podem ser vegetarianas?

Porque não posso falar com estranhos?

Os pais têm cada vez mais medo que, algo de mal aconteça aos seus filhos. Por isso, avisam-nos a toda a hora, para não falar com estranhos.

Resposta- Os estranhos podem ser maus para ti. Mesmo que te dêm doces, podem fazer-te mal. Não passeies com ninguém que nunca viste, nem a pé e muito menos de carro.

Outras perguntas- O que faço se falarem comigo? O que faço se me derem doces?

Tenho de o deixar beijar-me?

O receio de que o seu filho seja vítima de abuso sexual, é cada vez mais um problema para os pais. A culpa da vítima é também um grave problema.

Resposta- Nunca abraces ou beijes ninguém, se tu não quiseres. Não deixes que ninguém te toque, se não te apetecer. Conta sempre tudo à mãe.

Outras perguntas – Vou preso se contar o segredo a alguém? Tenho que dormir no mesmo quarto que ele?

A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]

Escreva um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here