Abonos de família aumentam para crianças e jovens mais carenciadas

0
60

A partir de hoje, o abono de família vai subir para quem tem menos rendimentos.  O aumento do abono para as famílias mais carenciadas atinge os 25% e vai abranger cerca de 600 mil famílias. Tem um efeito retroactivo a 1 de Abril.

Este aumento foi anunciado pelo primeiro-ministro em Maio, e vai representar uma despesa anual acrescida de 120 milhões de euros.

A medida abrange os abonos de família do primeiro e segundo escalões, que incluem os agregados familiares com menores rendimentos.

Uma família, com um filho que antes recebia 135 euros, passa a partir de hoje a receber 169 euros.

Também as famílias monoparentais vão receber mais 20%.

Para o Executivo, este aumento visa reforçar os apoios a famílias economicamente mais frágeis e mais carenciadas, e incide não só no valor do abono de família para crianças e jovens dependentes da família como também no valor do abono de família pré-natal e nas majorações atribuídas em função do número de titulares no mesmo agregado familiar.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA