Calendário
« < Julho
2014
> »
D S Q Q Q S D
29 30 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2

Aniversários


Nascidos a
2011-07-25



(3 Anos)


Nascidos a
2011-07-26

Matilde Pita

(3 Anos)


Nascidos a
2010-07-27



(4 Anos)

Envie um postal de parab�ns!
Cuidados de Saúde
As cólicas do recém-nascido
Ele chora persistentemente todas as noites, enquanto dobra as perninhas para o alto, na direcção da barriga, e nada parece conseguir acalmá-lo. Demora tempo a adormecer e nem mesmo a comida ou arrotar o aliviam. Se o seu bebé apresenta este tipo de sintomas, é provável que sofra de cólicas do recém-nascido ou cólica do terceiro mês.

Trata-se de um espasmo doloroso do intestino que afecta bebés com poucas semanas de vida. O pequenino vai mostrar o seu sofrimento chorando horas seguidas. A cólica começa a manifestar-se à tarde ou à noitinha, pode durar meses e desaparecer a qualquer altura, geralmente antes do terceiro mês de vida, sem qualquer tipo de tratamento.


As causas para as cólicas ainda não estão definidas, mas alguns pediatras apontam para uma dificuldade de adaptação ao mundo externo, enquanto que outros a definem como a presença de ar em excesso no estômago. A fome, irritação cansaço ou ansiedade transmitida pelos pais, podem ser outras das causas.


Estudos já efectuados provam que este problema pode ter origem no sistema neurovegetativo, algo absolutamente normal num recém-nascido.


Se esperava que este artigo lhe indicasse a solução para o problema, tal não é possível, uma vez que não existe tratamento eficaz contra este tipo de situação. Apenas podem ser colocadas hipóteses, como o uso de um medicamento que impeça a formação de ar no estômago. Mudar o tipo de leite não tem mostrado grandes resultados.


Apesar de não existir tratamento, é muito importante consultar o médico quando os sintomas se manifestam, até porque, se acompanhados de problemas como febre, perda de peso e falta de apetite, podem significar outro tipo de doença.


Por seu turno, não há muito que os pais possam fazer, excepto manter a calma e ter muita paciência, uma vez que vai ser bastante cansativo.


Mas são apenas algumas dos "espinhos" de se ser pai e como tal devem ser encarados.





 

  • Digg!
  • Reddit!
  • Del.icio.us!
  • Facebook!
  • Slashdot!
  • Netscape!
  • Technorati!
  • StumbleUpon!
  • Newsvine!
  • Furl!
  • Yahoo!
  • Ma.gnolia!
  • Free social bookmarking plugins and extensions for Joomla! websites!
(20 votos)  
 
Comentar (11 posts)
Re: As cólicas do recém-nascido
Feb 27 2009 11:28:40
Olá!
O meu filho mais novo tem 5 meses e também sofre de cólicas desde que nasceu, e além disso de prisão de ventre. Também experimentei o Gripe Water mas ele vomitava o e quando não o fazia, o remédio não adiantava nada. Já à minha filha mais velha fez maravilhas. Depende de criança para criança... E quando eles forem grandes já passou tudo!
Ao segundo e terceiro filho dei um produto homeopático, que se vende nas farmácias, que se chama Colikind. Acho que pode experimentar.

Boa sorte!
#239
Re: As cólicas do recém-nascido
Mar 10 2009 23:05:18
Agora com dois meses e um dia começo a ver efeitos positivos. As cólicas já não massacram tanto a minha princesa. O problema agora é outro. Não faz cócó regularmente. Ainda há pouco que lhe mudei a fralda e após 48 horas a não fazer nada lá consegui limpar uma boa dose de fezes. Em dois dias fiz-lhe muitas massagens e algumas estimulações com a cânula do bebegel. Mas nada. Finalmente hoje saiu muita porcaria.

Alguém tem explicação para este problema?

Obrigada.
#249
Re: As cólicas do recém-nascido
Mar 23 2009 17:08:14
Olá,

Depois de tanto ler sobre o assunto, desde medicamentos a massagens, não resisto a dar o meu testemunho sobre os biberões Dr.Brown's.
Sem dúvida foi de tudo o que experimentei a melhor solução para a minha bébé. è dificil encontra-los, mas no site bebeinnova informam as farmácia onde podemos adquir estes biberões.
A Beatriz não deixou de ter cólicas, não vou mentir, mas já não chora com as dores nem deixa de dormir. Adormece às 24h e acorda pelas 8 da manhã... Meu Deus não posso pedir mais. Espero poder ajudar alguém em necessidade. Bjs
#260
Re: As cólicas do recém-nascido
Jun 30 2009 23:23:24
Olá,

A minha filha, Caetana , nasceu há 3 meses. Sei bem o que é ter um bebé com cólicas... é de loucos!!!

Mas, a minha pediatra, salvou-nos com um simples remédio que acabou com as cólicas desde a primeira toma!!!!!! Foi mesmo um milagre!!!

Ela explicou que as origem das cólicas é que há bebés que têm mais bactérias más do que boas nos intestinos e isso provoca-lhes muita dor. Então mandou-nos dar-lhe 5 gotas de BIOGAIA todas as manhãs. São probioticos, bactérias boas.

NUNCA MAIS CHOROU COM CÓLICAS E FAZ COCÓ TODOS OS DIAS!!!!!!!!!!!!!!

Falem disto aos vossos pediatras.

Agora, prestes a fazer 3 meses, é um bebé enorme e muito feliz!!!
#356
Re: As cólicas do recém-nascido
Jul 01 2009 08:37:50
Oi,

A minha mina agora já tem 6 mesinhos.... Felizmente já não tem cólicas.
Aprendi uma coisa, todos os bébés são diferentes. Para uns resulta mt bem certas coisas para outros não. Tenho uma amiga que teve bébé na mesma altura que eu, ainda mama peito agora mas tem mts problemas de intestino, nem o Bio gaia ajuda. E ele não teve os mesmos problemas que aqui falamos até aos 3 meses.
Começou a ter problemas depois dos 3 meses. Já experimentou de tudo e faz efeito apenas durante um tempo.
Acham que se ela experimentar deixar de dar peito e dar um leito com bifidus ou algo assim o menino poderá melhorar? Alguma de vocês poderá dar algum testemunho sobre algum caso do genero?
#358
Existem muitos comentários para serem vistos aqui. Veja tudo no forum.
Comente este tema no forum. (11 posts)
Foruns
Já pode participar nos foruns do ABCDOBEBE.

Partilhe as suas opiniões e experiências com toda a comunidade e comente os artigos.

Ainda não está registado? Registe-se ou faça login e participe.

Contamos com a sua opinião.

Precisa de ajuda? Clique aqui

Gravidez - Bebés - Crianças - Familia - Diversos

O ABCDOBEBE é um projecto desenvolvido e gerido pela MULTIBASE © Copyright 2000-2011.