4 vantagens da ingestão de Omega 3 na memória das crianças

O consumo regular de alimentos ricos em Omega 3 melhora a capacidade de aprendizagem das crianças. O estudo conclui que os alimentos ricos em ácidos gordos DHA (Ácido Docosahexanóico) têm efeitos positivos sobre as funções cerebrais associadas à memória das crianças, conclui-se então que a influência do omega 3 na memória das crianças deve ser levada muito a sério pelos pais.

O omega 3 na memória

O estudo foi realizado em 33 rapazes saudáveis, entre os oito e os dez anos, e concluiu que: “A ingestão do DHA está associada à saúde do cérebro, contribuindo para o normal desenvolvimento do cérebro dos fetos, bebés e crianças pequenas.”

Os peixes gordos de origem marinha, como é o caso do salmão, são a melhor fonte de omega 3, essencial ao bom funcionamento do organismo.

O nosso organismo não consegue sintetizar quantidades suficientes de omega 3 o que obriga a que esta gordura essencial seja obtida através da ingestão de alguns alimentos, essencialmente os peixes gordos marinhos, como é o caso do salmão.

Um outro estudo recomenda que o aporte deste “super-protetor” das células e artérias deverá ser obtido através do consumo de peixe gordo, duas vezes por semana, o que corresponde à ingestão de 45 mg/dia de ácidos gordos EPA + DHA. O consumo regular de omega 3 é benéfico para a saúde de toda a família.

Vantagens da ingestão de Omega 3 na memória das crianças

No caso específico das crianças são cada vez mais os estudos que reforçam as vantagens da ingestão de omega 3 na alimentação infantil:

  •  Melhora a capacidade visual
  • Potencia o desenvolvimento cognitivo
  • Aumenta a protecção dos ossos, já que diminuem a quantidade de osso que é reabsorvido /destruído e garante o nível de formação óssea
  • Diminui o nível de gordura no sangue, já que o omega 3 ajuda a equilibrar os efeitos dos omega 6 que são nocivos à saúde quando ingeridos em excesso

A nutricionista Elsa Feliciano

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]