Como introduzir os sumos de fruta na alimentação do bebé

O bebé atingiu os cinco meses de idade. É altura de começar a variar a dieta, sempre de forma gradual, com a introdução de sumos de fruta na alimentação,  porque até agora, ele apenas conhece o leite materno.

Introdução da primeira fruta na dieta do bebé

A introdução de sumos de frutos na alimentação deve ser feita com cuidado, porque muitos bebés respondem de forma alérgica a alguns componentes da fruta. É normal que o organismo do bebé reaja a esta nova introdução de alimentos com uma leve diarreia.

Os sumos não substituem a mamada, mas apenas o levam a descobrir novos sabores. Por essa razão devem ser dados no intervalo das refeições.

As melhores frutas para sumos são as ricas em vitamina C, que absorve melhor o ferro dos outros alimentos. Nunca faça o sumo para todo o dia, mas antes em pequenas quantidades porque com a passagem das horas, este perde a sua carga vitamínica, e oxida a vitamina C, além de que o sumo da laranja (o mais utilizado) fica amargo com o passar do tempo.

É agora a vez do bebé aceitar ou rejeitar o sumo, mas vá sempre tentando noutro dia, mesmo que hoje ele não o tenha apreciado muito. Dedique cada dia a uma fruta diferente e não misture os sabores.

Introdução de sumos com frutas e legumes

Esta fase de misturas apenas deve ser feita depois de o bebé já reconhecer os diferentes paladares. Mas não se limite à fruta e avance também para os legumes, como cenoura, tomate e beterraba. Se a criança gostar, pode depois misturá-las com sumos de frutas.

Cuidados na preparação dos sumos

Tenha especial atenção à preparação dos sumos, lavando cada peça em água corrente, seque e descasque, no caso de não ir colocar numa máquina de sumo, porque aí até é conveniente deixar a casca de alguns frutos. Todos os utensílios devem ser limpos e esterilizados, procedimento que deve seguir até a criança completar um ano de idade.

Como o bebé deve beber o sumo

No caso do bebé rejeitar o biberão com sumo, especialmente se está apenas habituado ao peito, experimente dar-lhe o sumo com uma colherzinha pequena ou com um conta-gotas no canto da boca, de forma a habituá-la ao sabor.

A temperatura do sumo

A temperatura é importante, uma vez que a criança está habituada ao leite morno, pelo que lhe deve dar apenas sumos à temperatura ambiente. O açúcar também deve ficar de fora, porque a fruta já possui sacarose, adoçante natural.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]