Como fazer uma massagem Shantala ao seu bebé

Uma massagem pode fazer milagres pelo nosso corpo. Imagine então o que uma massagem ao bebé utilizando a técnica shantala, não pode fazer por um recém-nascido como primeiro contacto com o mundo.

Sair do útero materno seguro e quente para um mundo exterior frio e desconhecido é sempre um trauma. Nos primeiros meses de vida, a criança vai-se desenroscando da sua posição de feto, à medida que se estendem os músculos, as articulações vão-se soltando e os movimentos vão ficando mais coordenados.

Shantala, a massagem para bebé

Em nenhum outro momento da vida será provavelmente a massagem para bebé mais benéfica nem tão bem recebida como na altura em que o recém-nascido precisa de contacto físico contínuo para se poder sentir relaxado, seguro e amado. A massagem irá ajudar à formação e bom funcionamento do aparelho locomotor.

A melhor hora para praticar a shantala é antes da sesta da manhã. A seguir à massagem, um bom banho e no Verão, pode mesmo fazê-la ao ar livre, deixando a criança ao Sol. Pode iniciar a técnica de shantala quando o bebé entrar no segundo mês de vida, porque até essa idade ele está muito frágil para ficar tanto tempo sem a roupa como a técnica exige.

Prepare o espaço para a massagem

Comece sentando-se no chão, com as pernas esticadas, costas erectas e ombros relaxados. Para a massagem deve usar óleos vegetais naturais ligeiramente aquecidos (de hamamélis, amêndoas ou camomila), para que não ocorram choques térmicos, e para evitar a fricção ou o arranhar da pele.
Coloque o bebé sobre as suas pernas, em cima de uma toalha ou uma fralda.

Olhe-o nos olhos. Calmamente, concentre-se e esfregue um pouco de óleo nas mãos, em ritmo lento e constante. Faça os movimentos com firmeza, aumentando naturalmente a pressão dos dedos.

Os movimentos são feitos sempre de dentro para fora (do centro para as extremidades) ou de baixo para cima. Tente começar sempre pelo lado esquerdo e terminar do lado direito. Segundo os estudiosos da medicina oriental, este é o sentido da energia no corpo humano. E não se assuste com os gritinhos do bebé, estes são de puro prazer.

Como fazer a massagem ao bebé:

  1. Comece pelo peito, deslizando as mãos do centro para os lados laterais, como se estivesse alisando as páginas de um livro;
  2. Em seguida, cruze as suas mãos pelo peito saindo do quadril esquerdo do bebé e alcançando o ombro direito, e do quadril direito para o ombro esquerdo. Deixe as mãos subirem como ondas, alternadamente;
  3. O próximo passo são os braços. Vire o bebé de lado, segure o ombro com uma das mãos e o pulso com a outra. Vá deslizando a mão fechada do ombro até ao pulso. Não se esqueça do ritmo;
  4. A seguir, faça o mesmo com as duas mãos, indo do ombro em direcção ao pulso. O movimento imita uma rosca, com uma mão no sentido contrário da outra;
  5. Antes de fazer o outro braço, massaje a mãozinha do bebé com os polegares. Alongue os dedinhos, dobrando-os para trás gentilmente. Repita com outro braço e a outra mão. Primeiro o esquerdo, depois o direito – este é o rumo da energia, explicam os teóricos da medicina oriental;
  6. Coloque uma das mãos na base do peito e deslize em direção ao ventre, como se estivesse a esvaziar a barriga do bebé. Repita várias vezes, alternando o movimento com a outra mão.

A Shantala é um processo de massagem hindu, que fornece aos bebés o que é fundamental: contacto, amor e carinho, através da comunicação entre a mão e a pele, de forma silenciosa e atenta. Aqui o importante é o contacto entre a mãe ou o pai e o bebé.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]