O peso do seu filho

Depois do nascimento o que mais queremos saber é o peso do bebé.

0
25884

Antes do bebé nascer, as pessoas têm imensa curiosidade em saber o sexo.

Ao nascer, a tendência é saber quanto ele pesa para de seguida, esboçar uma opinião imediata, acerca da sua saúde futura. No entanto, todos os pediatras já chegaram à conclusão que o peso, não é o único indicativo da saúde de uma criança…

Ao ver a luz do mundo exterior pela primeira vez, a criança é alvo de muitos olhares de familiares e amigos. O seu estado de saúde e o da mãe, é a primeira preocupação das pessoas mais próximas. Seguidamente, surge a inevitável pergunta: quanto é que o bebé pesa?

Quanto é que o bebé pesa?

Todo este interesse pelo peso do recém-nascido está directamente relacionado com as sociedades antigas, onde a crença de que só uma criança gorda podia ser saudável, predominava incontestavelmente. Mas, na sociedade moderna, os pediatras já não se baseiam totalmente nos quilos da criança, para saber se ela é ou não saudável.

Os pais ficam preocupados quando a criança nasce e, se o peso não corresponde às suas expectativas, ficam desolados. Se tem um peso superior, acham que já está muito gordo, mas se pesa pouco, todos vão achar que está a ser mal tratado.

É importante perceber que, cada criança tem as suas medidas e caracteristicas muito próprias, determinadas a partir, de uma série de antecedentes. Um bebé comprido e magro parece sempre mais fraco que um bebé mais roliço, mesmo que os dois tenham um peso razoável.

No período pré-parto e, através do desenvolvimento que se observa nas ecografias, o médico pode dar um cálculo aproximado do peso que o bebé terá ao nascer.

O peso ideal

O peso ideal das crianças, nascidas no termo de gestação normal (entre as 37 e as 41 semanas), está entre os 3 e 3,5 quilos. Se tiver entre os 2,5 e os 4 quilos, ainda está dentro dos parâmetros da normalidade. No entanto, se um bebé estiver com o peso abaixo dos 2,5 ou acima dos 4, ele deve receber tratamento especial.

Nos primeiros dias de vida, todos os bebés têm perda de peso que, pode representar 5% do peso total. Isto sucede, por causa da eliminação da urina e, dos excrementos acumulados, durante a gestação.

Após o nascimento, as crianças têm várias formas de alimentação: se forem alimentadas a peito engordam de maneira diferente, do que se forem alimentadas pelo biberão. Enquanto que, o leite materno se modifica, sendo mais líquido no início e mais espesso no final, o leite artificial é constante, tendo sempre as mesmas quantidades de nutrientes fundamentais ao bebé. É por este motivo que, o bebé alimentado a biberão pode ser mais gordinho. Mas, isto não quer dizer que este último, esteja a ser mais bem tratado.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA